“Quase Famosos”, o emocionante filme que mostra os bastidores de uma banda de Rock dos anos 70

Inicialmente, preciso dizer que sou apaixonado por este filme. Além de me fazer viajar no tempo,ele representa para mim o que é o espírito Rock and Roll sob vários aspectos: o filme tem aquela coisa de pegar a estrada em busca do desconhecido,tem demonstração de amor pela música, e logicamente, tem bebedeira e sexo. Rock é o som do excesso. Com o passar do tempo, o Rock foi ficando “redondinho demais” e perdeu sua essência. O Rock é algo bruto, mal acabado, cheio de arestas e excessos. Se a música não tem exageros, não é Rock, é outra coisa.

“ Quase Famosos”, que agora em 2020 completa 20 anos, de forma resumida, fala sobre famílias : a família na qual nascemos e a família que encontramos em nosso caminho (pessoas com as quais temos afinidades). No caso de você,leitor, ainda não ter visto o filme, espero que o texto a seguir desperte a vontade de vê-lo. Caso já tenha visto esta fabulosa obra, veja de novo, pois, uma das grandes alegrias em nossas vidas é viver o Rock and Roll.

Sem demais delongas, começarei a mostar aspectos relevantes do filme.

Premiações mais importantes

Oscar -melhor Roteiro Original

Globo de Ouro -Melhor filme musical e atriz coadjuvante Kate Hudson

Bafta – Melhor Som e Roteiro Original

Ficha Técnica

Roteirista, diretor e produtor- Cameron Crowe

Consultor técnico- Peter Frampton

Trilha sonora original (músicas do Still Water)- Nancy Wilson

Cinematografia-John Toll

Edição-Joe Hutshing e Saar Klein

Elenco – Billy Crudup, Frances McDormand, Kate Hudson, Jason Lee, Philip Seymour Hoffman

Orçamento- 60 milhões de dólares

O Filme

“Quase Famosos” transporta-nos para o ano de 1973, quando a banda Still Water estava em atividade na estrada. A banda fictícia foi criada para o filme cujas canções foram compostas por Nancy Wilson da banda Heart, esposa do diretor Cameron Crowe, é uma mistura de Led Zeppelin,The Allman Brothers Band e Lynyrd Skynyrd.

O filme, com bom humor e sensibilidade, mostra todas as facetas do “Rock raiz” dos anos 70. As pessoas bebiam ,transavam, viajavam (nos dois sentidos) e faziam música sem compromisso com o amanhã. Os roqueiros da época viviam o Rock and Roll 24 horas por dia e expressavam essa realidade nas músicas.

A força do filme, além de seu excelente roteiro, está em seus personagens.Eles representam, de forma magistral, o espírito da época.

Personagens

Willian Miller (interpretado por Patrick Fugit), alter ego de Cameron Crowe, um adolescente de 15 anos parte em turnê junto à banda no intuito de escrever uma matéria para a revista Rolling Stone. Mal sabia ele que, no processo da viagem, acabaria entrando em uma jornada de autoconhecimento e descobertas sobre os prazeres da vida e das consequências dos excessos inerentes ao estilo de vida Rock and Roll dos anos 70. Tudo acontece ao mesmo tempo: brigas, bebedeiras (por parte dos integrantes da banda e das groupies), festas e shows.

Este universo é novo para o jovem e ingênuo garoto que, rapidamente, começa a se apaixonar por tudo aquilo e também pela bela groupie Penny Lane (Kate Hudson).

William, por ser esperto e racional, fica medindo as consequências de tudo e de todos. Ele é, sobretudo, alguém de fora que se infiltra no grupo para tirar dali algo valioso: uma matéria para a revista publicar mostrando como funciona o cotidiano de uma emergente banda de Rock em sua trajetória. Para um garoto de 15 anos, isso é um baita esforço, pois tudo é novidade e ele precisa produzir seu texto no meio do “way of life” caótico da banda Still Water.

Penny Lane- groupie

Interpretada por Kate Hudson,Penny Lane foi baseada em uma personagem real, Pennie Trumbull. Crowe disse que a groupie representa a “alma da música”. Realmente, Penny age de forma expontânea e não se importa com nada além de viver bons momentos de coração aberto.

“Eu evitei retratar a vida trágica de algumas groupies com agulhas nos braços” , diz Crowe.”

Penny tem olhos brilhantes e muito magnetismo,uma mulher linda de se ver que dá vontade de ter por perto.

Russel Hammond- guitarrista do Still Water

Segundo Cameron Crowe, grande parte de Russel, interpretado por Billy Crudup, veio de Glen Frey dos Eagles que, relmente, disse a Crowe em uma entrevista :

“Hoje à noite, amigos – amanhã, a entrevista”

“Olha, faça-nos parecer legais”.

Lester Bangs -interpretado por Phillip Seymour Hoffman

O “ Mestre Yoda” de William é o genial e amalucado jornalista que age como tutor para o jovem em sua jornada de autoconhecimento. Em um momento de desespero,William, pressionado pelo editor da Rolling Stone que pede que ele envie por fax (uma máquina moderna que envia textos pelo telefone na fantástica velocidade de uma página a cada 18 minutos), liga para Lester e este profere a seguinte frase:

“A única moeda nesse mundo falido é o q vc compartilha quando não está tudo bem.”

Elaine Miller- mãe de Willian Miller

A mãe de William, intepretada por Francis McDormand, em um momento de desespero, enquanto dava uma aula, diz aos alunos :

“Astros do Rock sequestratam meu filho”.

O interessante dessa frase é o simbolismo.No caso, “sequestraram” siginifica “fizeram a cabeça”,ou seja,transformaram meu filho de 15 anos em um rapaz impuro. A mãe temia pelo bem estar de seu caçula. Na verdade, o estilo de vida Rock and Roll, com todas suas implicações, é algo fascinante. De um lado, temos fama,mulheres e dinheiro. Do outro, temos excessos de drogas , bebidas e, em muitos casos, decadência.

Cameron Crowe afirma que sua mãe e Lester Bangs, por serem opostos que ajudaram-no a forjar sua personalidade, são suas “Torres Gêmeas” e que a Revista Rolling Stone foi a sua faculdade. Foi com essa formação heterodoxa que Cameron adquiriu background para filmar uma lição de vida chamada “Quase Famosos”.

Cenas icônicas

Avião em turbulência

Essa cena ilustra a natureza caótica da banda . Cada um, achando que está vivendo seus últimos minutos de vida ,bota para fora tudo que vinha guardando.

Um conta que atropelou um homem e omitiu socorro e vive tendo pesadelos sobre isso, pois não sabe se a vítima está viva ou morta.

O empresário revela que pegou um dinheiro “ aqui ou alí”, mas que sabia que ia devolver.

Três integrantes da banda, respondem que “tudo bem”, pois eles transaram com a namorada do empresário que acabou abandonando-o.

O vocalista da (Jeff Bebe) solta para o guitarrista (Russel ): você se acha superior ao resto da banda.

William dá um sermão para banda por estes falarem de Penny como uma fanzoca qualquer.

E , por fim , um dos integrantes revela que escondia dos outros que é gay.

O constrangimento é gigante quando, segundo após a última revelação , o piloto aparece falando que a turbulência passou e que eles sobreviverão.

Você está em casa

Uma das cenas mais belas do filme é quando todos estão no ônibus da banda ao som de Tinny Dancer do Elton John e William diz a Penny :“quero voltar pra casa” e Penny Responde : “você está em casa”

Essa cena mostra o verdadeiro espírito de uma banda de Rock : pegar a estrada e ir ao encontro do desconhecido. Cada show é uma aventura, o estilo de vida rocker consiste em montar uma banda, pegar um ônibus e viver o sonho na estrada.

Legado

Quase famosos fala de pessoas de verdade fazendo música analógica vivendo a realidade nua e crua, como ela é. Ao ver o filme, percebemos que algo se perdeu entre os anos 70 e os dias de hoje. O Rock perdeu sua essência através da “ pasteurização” da indústria da música.

O filme nunca soará datato , pois, apesar de falar de acontecimentos da decada de 70, ele fala de valores que sempre serão nobres como amizade, lealdade e do espírito Rock and Roll que sempre estará presente nas pessoas de espírito jovem. Ele fala da perda da inocência e a descoberta de que o que levamos da vida são os bons momentos e o companheirismo.Você chora, rí e sente empatia imediata com as personagens. Na cena final, quando Russel, enganado por Penny Lane, chega na casa de William achando que era a casa de Penny, o truque funciona: Russel e William percebem que tudo que passaram juntos tem um significado maior do que imaginavam.

Para finalizar, cito a cena na qual Cameron Crowe, inteligentemente, usa a voz do diretor da escola onde Willian se formou (William não estava presente para receber o diploma, pois estava viajando com a banda), disse :

“O sonho é possivel, lembrem-se disso daqui a 20 anos.”

Texto escrito por Oswaldo Marques

Facebook: https://www.facebook.com/oswaldo5150/

site : https://questionassom.com/

Instagram : @oswaldoguitar

2 comentários sobre ““Quase Famosos”, o emocionante filme que mostra os bastidores de uma banda de Rock dos anos 70

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s