As consequências da perigosa “moda” de dedurar as pessoas em tempos de distanciamento social

Vivemos em uma época  estranha, na qual a natureza humana  começa a mostrar o seu lado bom (quando as pessoas se ajudam) e o lado ruim (que é quando um começa a sacanear o outro com o pretexto de colaborar com o bem coletivo). Sobre o lado ruim, aconteceram ,recentemente, dois fatos interessantes que enumero abaixo.

1-Em Nova Iorque, o prefeito Bill de Blasio lançou um aplicativo para que as pessaos  denunciassem onde estivesse havendo algomerações de indivíduos  e ações que desrespeitassem o isolamento social . Funciona  assim : a pessoa  envia  uma foto do que  está acontecendo junto a um  comentário com a localização de  onde ocorre a infração. A polícia seria enviada ao local assim que visse a denûncia. Os cidadãos americanos , amantes da democracia e da liberdade de expressão , enviaram fotos de protesto com suas  genitálias e o dedo médio para o aplicativo e frases indecorosas citando o prefeito novaiorquino.undefined

2-Em Saint Loius, no estado do Missouri, o prefeito tabmém criou um aplicativo com o mesmo objetivo de Nova Ioque e a coisa  começou a  funcionar. O “problema “  é que  a legislação local exige que esse tipo de informação seja púbica . A lei estava bem explícita no termo de adesão ao aplicativo, só que quase ninguém lê este termo,certo ?

Então, um cidadão chamado Jared Todd, que não concordava com o aplicativo, descobriu o caráter público das informações. Jared pedui os dados à prefeitura que enviou-os ao cidadão prontamente. Jared abriu uma lista pública  na internet  e  dedurou  os  dedos-duros. A lista  de mais de 900  denûncias incluia empregados “entregando” os empregadores, vizinhos dedurando vizinhos, etc.

Depois do ocorrido, os moradores da cidade  foram entrevistados e disseram que não sabiam do caráter público do aplicativo e que só voltariam a denunciar se a informação fosse protegida por sigilo.

Fica o aviso àqueles que curtem policiar a vida dos outros  e também para aqueles que adoram um estado policialesco que se intromete demais na vida do cidadão : o que você faz pode voltar-se contra você.

Um comentário sobre “As consequências da perigosa “moda” de dedurar as pessoas em tempos de distanciamento social

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s